Arquivo de etiquetas: Luz

O sorriso dos teus olhos

teus olhos sorriem bem abertos para o mundo semeiam luz neste lugar assim são teus olhos testemunhos vivos da esperança 2019-01-31

Publicado em Poesia | Tags , , , , | Deixe o seu comentário

Estrela nova

se tu menino nascesses em cada ano vindouro sabendo tudo o que sabes da cruz em que te deitas se tu menino trouxesses a graça da luz clara entre os escolhos dos dias sobre perigos e maleitas mais não tinhas … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Tags , , , , , | Deixe o seu comentário

Berço

é aí onde a inquietação se instala e a reflexão começa onde o belo nos espreita como se de espanto fossemos e mais não houvéssemos que a criação é aí o berço da arte 2018-12-24

Publicado em Poesia | Tags , , , | Deixe o seu comentário

Nitidez

nasci para ver claramente todas as cores na tua pele e a paz e não saber os seus nomes e vivendo saberei quantas guerras se fazem de coisa nenhuma 2018-11-30

Publicado em Poesia | Tags , , , , , | Deixe o seu comentário

Minha praia rainha

minha cidade é rainha na praia desta idade do bronze coitadinha estendidinha na toalha do calor ama o mar mas de longe pé ante pé com certeza que o sol a sua fé lhe dá mais dia à noitinha oh … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Tags , , | Deixe o seu comentário

A sombra e a luz

somos a sombra e a luz que a desfaz somos mais do que a sorte é capaz na deriva do tempo cada momento somos da vida mais do que a vida nos traz temos a sina de bem mais que … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Tags , , , , | Deixe o seu comentário

Tempo incólume

todos somos efémeros traços fugazes entre o que é antes e depois um tempo incólume 2018-04-30

Publicado em Aforismos, Poesia | Tags , , , | Deixe o seu comentário

Nuvem

tu dizes chuva eu digo chuva quando a chuva cai sobre a pedra onde me sento e meu coração dentro que de pedra sai tu passas nuvem eu passo o tempo congelado no momento e se te fores meu coração … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Tags , , , , , | Deixe o seu comentário

Incertezas

que há de ser entre as estrelas? que cadência te sobrevive? que palavra unges quando escreves? nasces vento morres paz tens intempéries no destino encomendas da vida e da morte sobre teu dorso de intentos quem te vê sob sua … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Tags , , , , , , , , | Deixe o seu comentário

Platonismo

arranco à memória em cada noite escura os sinais que me levam teus olhos verdes meu coração levita não é meu domínio de tudo se lembra de nada padece eu dele sim me vou em descuido vivo meu pensamento a … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Tags , , , , , , , , , | Deixe o seu comentário