Arquivo de etiquetas: Vida

Incessante

incessante é a mudança que muda o que já mudou e apesar de mudada não muda nem é outra a sua essência não cessa sua força nem tem limite pela mudança se medem os tempos e se assinalam memórias assim … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Tags , , , , | Deixe o seu comentário

Filhos da guerra e da paz

por que maior a arte da guerra onde investes teu talento teu denodo teus destinos por que da vida essa arte se a morte o fim das tuas mãos na forma do barro na palavra que agitas vã glória a … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Tags , , , , , , | Deixe o seu comentário

Vitória

a pedra gravada de teu nome onde cantaste teu fulgor teus feitos que glória essa pedra onde esculpiste a ferro e fogo a última tentativa de ludibriar o tempo e o desespero pela eternidade essa pedra é areia e pó … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Tags , , , , , , , | Deixe o seu comentário

Sonhos que passam

são sonhos que aqui vão não pelas paredes que o não são mas pelas pessoas que passam 2018-09-30

Publicado em Poesia | Tags , , | Deixe o seu comentário

Momento

deixa-me ficar neste momento único com tudo de ti e de mim preso à liberdade de dentro prende-me as mãos aos sonhos que nos povoam com um abraço aqui selemos nossos medos a gente não sabe ao certo um lugar … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Tags , , , , , | Deixe o seu comentário

Tempos perdidos

andamos em busca de sonhos perdidos desde a infância procuramos sempre perdidos nunca sabendo o alcance algures após o fim de quanto em sonhos logramos iludimo-nos na corrida que damos ao tempo mera promessa quando o tempo não corre aqui … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Tags , , , , | Deixe o seu comentário

não te deixa só a solidão mas a ausência no seio da multidão 2018-08-30

Publicado em Aforismos, Microcontos, Poesia | Tags , | Deixe o seu comentário

Tenho um coração

tenho um coração de ferro quente e mole só assim aguenta só assim aguento o impacto a vida e os gumes atravessados como surpresas entre o meu e o teu tenho um coração de gelo de sangue derretido só assim … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Tags , , , | Deixe o seu comentário

Periferias

tenho periferias bem no meu centro no fundo vejo-as pelo lado de dentro periférica visão atenção não é das periferias mas do meu coração periclitante onde cabem como num jardim os mundos de fora de mim periférico talvez o meu … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Tags , , , , , | Deixe o seu comentário

A idade

talvez nem sejam anos mas estes dias talvez os meses, por minutos se troquem nestas horas à volta de segundos expeditos talvez nem haja tempo mas acasos e nos achemos entre as estrelas casos perdidos talvez a espera não seja … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Tags , , , , , , , , | Deixe o seu comentário