Arquivo de etiquetas: Tempo

Momento

deixa-me ficar neste momento único com tudo de ti e de mim preso à liberdade de dentro prende-me as mãos aos sonhos que nos povoam com um abraço aqui selemos nossos medos a gente não sabe ao certo um lugar … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Tags , , , , , | Deixe o seu comentário

Tempos perdidos

andamos em busca de sonhos perdidos desde a infância procuramos sempre perdidos nunca sabendo o alcance algures após o fim de quanto em sonhos logramos iludimo-nos na corrida que damos ao tempo mera promessa quando o tempo não corre aqui … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Tags , , , , | Deixe o seu comentário

Singularidade

sou pessoa singular de um só tempo de um só lugar singularmente me repito nada do que é comum me contenta a parecença uma tormenta de não mais ser único 2018-08-30

Publicado em Poesia | Tags , , , | Deixe o seu comentário

Do amor e das pátrias

aqui ali acolá hão novas pátrias para os medos que por tudo e por todos livre não me falte o amor o meu mais fiel amigo 2018-06-30

Publicado em Poesia | Tags , , , , | Deixe o seu comentário

A idade

talvez nem sejam anos mas estes dias talvez os meses, por minutos se troquem nestas horas à volta de segundos expeditos talvez nem haja tempo mas acasos e nos achemos entre as estrelas casos perdidos talvez a espera não seja … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Tags , , , , , , , , | Deixe o seu comentário

A sombra e a luz

somos a sombra e a luz que a desfaz somos mais do que a sorte é capaz na deriva do tempo cada momento somos da vida mais do que a vida nos traz temos a sina de bem mais que … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Tags , , , , | Deixe o seu comentário

Sempre

sou o mesmo que sempre muda 2018-05-29

Publicado em Aforismos | Tags , , | Deixe o seu comentário

Minha casa

tenho uma casa de memórias onde cabe o mundo e o mundo é tudo o que sei e as memórias são tudo o que sou antes de amanhecer minha casa onde regresso nas horas incertas para nela ver novas janelas … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Tags , , | Deixe o seu comentário

Ide

não se vive de temores nem a penas de tormentas sob a vertigem das correntes morro todas as vezes que o sexo nasce fogo em tuas águas quentes do que escolho nada espero não só de sorte é meu norte … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Tags , , , , | Deixe o seu comentário

Tempo incólume

todos somos efémeros traços fugazes entre o que é antes e depois um tempo incólume 2018-04-30

Publicado em Aforismos, Poesia | Tags , , , | Deixe o seu comentário