Terras de cardos

andei por terras de cardos
eu sei
pelas flores que aí deixei

vi da minha colina
do tempo
mais que sonhos
e vontades iludidas
vi pequenas luzes
apenas
e a certeza
de ainda serem
augúrios entre a bruma

não há maior deserto
que o de dentro

2019-11-30

Esta entrada foi publicada em Poesia com as tags , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *