Coisas da vida

coisas da vida
a medida da estrada
grandes de tudo
e pequenos nadas
coisas da vida
ora nem mais

coisas da vida
a saber a correr
sobre terra e mar
de querer e descrer
coisas da vida
auto naturais

coisas da vida
a pedra e a flor
o colo e o choro
no pórtico da dor
coisas da vida
entre umbrais

coisas da vida
a riscar no mundo
o voo sem rumo
entre o topo e o fundo
coisas da vida
nunca demais

2015-08-30

Esta entrada foi publicada em Poesia com as tags , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *