Arquivo de etiquetas: Mar

Deriva

rumo sem remo. mar que não cais. 2014-04-02

Publicado em Aforismos, Poesia | Tags , | Deixe o seu comentário

Nos braços do tempo

faço-te tempo brisa de mim espelho flutuante dos sonhos 2014-03-08

Publicado em Aforismos, Poesia | Tags , , , , | Deixe o seu comentário

Meu erro mais perfeito

teu bom dia se meteu comigo nele adormeci a minha noite perdi o sono segui em teu soul a minha estrela lutei por ela na paz que me despiste sem saber o que mais fazer que amar nu tempo dela … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Tags , , , , , , , , | Deixe o seu comentário

Poesia à vida

sei tudo o que sou nasço-o em ti permanente parto de flor e dor não me retens a braço efémero passante do tempo que detens e me estendes aurora da seda serei a promíscua filha das águas sempre sedutora e … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Tags , , , , , , , | Deixe o seu comentário

Porque vida

porque me nasces de água pura e transparente e teces de verde a esperança sobre o manto azul do caminho porque de fogo me abraças e meu sangue chamas que amor inventas quantos sonhos se logo nasces morrendo meu destino … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Tags , , , , , , | Deixe o seu comentário

À luz dos sentidos

sobre teu chão frio conquistas a réstea de um calor que te resta como centelha última e a cresces sendo única outra mais outra no mundo sobre tuas incertezas acendes o pavio sabes da vela o navio remas mar de … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Tags , , , | Deixe o seu comentário

Terra azul

em teu seio nasces fogo respiras a calmaria das águas verdes ares são teus sonhos na correria das mágoas mãe teu colo terra é o céu azul dos viajantes 2013-11-12

Publicado em Poesia | Tags , , , , | Deixe o seu comentário

Gémeos

calcamos os mesmos trilhos e saltamos as mesmas barreiras sob as mesmas cores dos tempos tu e eu todos nós de sonhos insinuados na contínua rotação dos dias no mesmo espelho nos revemos o mesmo sangue a mesma dor as … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Tags , , , , , , , , , | Deixe o seu comentário

Rio

rio e me comovo. rio em que me movo. me nascendo a mar. 2013-08-01

Publicado em Microcontos, Poesia | Tags , | Deixe o seu comentário

Mergulho

no estuário do teu corpo todo o delta do meu: que o mar nos espere bem alto! 2013-07-18

Publicado em Microcontos, Poesia | Tags , , | Deixe o seu comentário