A invenção do momento

um novo dia
é meu invento
sobre um chão sem tempo
o sopro do vento
e o retorno
mais um traço
de um tempo impreciso

a minha hora
é já agora
sempre começo
ainda sem fim
meu ápice lesto
que na tua se demora

e tudo vem parar o tempo
neste lugar
em que és o mundo em mim
tudo

2014-12-31

Esta entrada foi publicada em Poesia com as tags , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *