Cogitações

no princípio tudo
a procura de nada
a dúvida certa
de certeza abalada

querer e não querer
a vontade que espera
ter e não ter
se sonho ou quimera

ser e não ser
questão de outrora
estar e não estar
aqui e agora

mais cedo que tarde
menos tarde que nunca
nascente de mim
em frente a parada
se cedo o rumo
nem acedo a um fim

2014-09-29

Esta entrada foi publicada em Poesia com as tags , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *