Sois azul oh mar

o céu é em ti mar mais fundo e mais azul
que maré me fazes alta de luas incautas
e pura e nua no sulco de teu sal
segreda-ma baixinho mar na tarde vaga
fala-me que onda habito nos teus braços
há cardumes de passagem meu esbracejo
oh mar
sob an sóis ardendo já meu peito

2014-07-07

Esta entrada foi publicada em Poesia com as tags , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *