Uma história

Reza a história que a lua acordou
e o mundo com o brilho dela
A eternidade se libertou
Ninguém mais soube vê-la
E o salto, quanto mais fundo
Mais asas voa, em sê-la

2010-07-29

Gostou? Partilhe!
  • Print
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • FriendFeed
  • LinkedIn
  • Netvibes
  • Add to favorites
  • blogmarks
  • email
  • PDF
  • RSS
  • Tumblr
Esta entrada foi publicada em Poesia com as tags , , , , . ligação permanente.