Do princípio do fim

o fim está aqui, e sempre além
é o passo que se dá e se mantém
é o caminho que indo, sempre vem
e novo início nunca detém

tudo acaba pela razão que se inicia
nenhum fim é do seu próprio fim refém

2012-12-31

Gostou? Partilhe!
  • Print
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • FriendFeed
  • LinkedIn
  • Netvibes
  • Add to favorites
  • blogmarks
  • email
  • PDF
  • RSS
  • Tumblr
Esta entrada foi publicada em Poesia com as tags , , , . ligação permanente.