Estações da palavra

Pairam palavras
sobre que trepam memórias
pétalas de sonhos
sob a pele das estações
Pairam
como se de andorinhas
fossem as cores de outono
e fértil flor
todo o chão de fruto
que de botão inverna
Pairam
como magia do vento
as que o são, palavras
que aragens sem estação
em todos os tempos verão
Pairam
primaveras desfolhadas
de veras renascidas
em palavras acordadas
Palavras pairam

2011-07-10

Esta entrada foi publicada em Poesia com as tags , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *