Calcorreando

Leio de sonhos este chão
Biografo-o inatingido corpo
Sem mácula
Que da alma é temporária condição

2011-04-23

Esta entrada foi publicada em Poesia com as tags , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *