A palavra à emoção

Há toda uma essência que jorra em poesia
para além do corpo e de toda a forma
Toda a arte irrefreável transgressão
para além do chão e de toda a norma
Toda a palavra que se esmaga livre
e flui das emoções toda a expressão
São dores, poeta, são amores
e todos os demais (re)versos (com)paixão
que a vida em vida fazem
da morte libertação

2011-03-03

Gostou? Partilhe!
  • Print
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • FriendFeed
  • LinkedIn
  • Netvibes
  • Add to favorites
  • blogmarks
  • email
  • PDF
  • RSS
  • Tumblr
Esta entrada foi publicada em Poesia com as tags , , , , , , . ligação permanente.