Um dia mais

vou
relutante mente
contando os anos que me fogem
na azáfama dos dias que criei

fico
insistente mente
contendo os sonhos que me moldam
na paisagem dos lugares que não deixei

vou ficando

e um dia mais é um dia a menos
para os sonhos do tempo em que me deito

vou indo

e um dia mais é um dia a menos
para acordar os tempos que não deixo

2020-08-31

Esta entrada foi publicada em Poesia com as tags , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *