Nós mundos

eu venho
como tu vens
e outros vêm
desconectados

eu passo
passamos
por tempos
descompassados

eu vou
onde tu vais
todos nos vamos
desencontrados

e fica sempre
o mesmo mundo
de muitos mundos
enredados

2020-07-31

Esta entrada foi publicada em Poesia com as tags , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *