Somos?

somos
onde estamos
presos às raízes e às asas

o fruto de tudo isto?
caminhos

disse caminhos?
pontes

entre esta terra e este mar
um ar deste tempo

e que mais?

2019-02-28

Esta entrada foi publicada em Poesia com as tags , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *