Vida ida

Vi vil vida lívida,
na lida da vila se vivia,
via que dali não se movia,
não havia dia.
Ali lida,
tudo adia,
nada a alivia.

2010-11-11

Gostou? Partilhe!
  • Print
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • FriendFeed
  • LinkedIn
  • Netvibes
  • Add to favorites
  • blogmarks
  • email
  • PDF
  • RSS
  • Tumblr
Esta entrada foi publicada em Aforismos, Microcontos, Poesia com as tags . ligação permanente.