Em lugar

o meu lugar é um prumo do mundo
o meu lugar em todo o mundo
é lugar que é meu e teu

o meu lugar pode ser teu no mundo
o teu lugar que também é meu
quão do teu no meu aprumo

no teu lugar onde me ponho
traço o meu a giz e sonho
na cicatriz do que somos

nas pontes em que de novo
sem sinais de sombra ou toldo
se faz lugar de mundo meu

2016-02-29

Gostou? Partilhe!
  • Print
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • FriendFeed
  • LinkedIn
  • Netvibes
  • Add to favorites
  • blogmarks
  • email
  • PDF
  • RSS
  • Tumblr
Esta entrada foi publicada em Poesia com as tags , , , , , , . ligação permanente.