Um poema é mais que dois poemas

um poema é mais que dois poemas
mais que a palavra
entre ti e mim e outro mais além
é mais que a ilusão a emoção
é mais que o tema
que in verso se faz
letra viva em qualquer canção

é mais que da canção o mote
e o silêncio abrupto
é da rima toda a sorte
mais sentido que sentido se note
na harmonia de algum caos astuto

é mais do que agora invento e tu inventas
mais que o trote
e a parada de letras a galope
mais ainda o sortilégio
que a vida do mesmo se sustém
é mais de tudo menos de mim mesmo
é mais de mim e de ti
é mais que a vida ou a morte de ninguém

um poema é mais que dois poemas
mais que o escrito mais que o lido
escrevo aquém de tudo o que lês

2015-07-30

Gostou? Partilhe!
  • Print
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • FriendFeed
  • LinkedIn
  • Netvibes
  • Add to favorites
  • blogmarks
  • email
  • PDF
  • RSS
  • Tumblr
Esta entrada foi publicada em Poesia com as tags , , , , . ligação permanente.